Pobre (e doente) super homem…

Não tenho dúvidas de que o machismo é uma doença social de altíssimo grau de letalidade – sobretudo para as mulheres, como nos mostram numerosas e tristes estatísticas.

Como médico, por vezes tenho vontade de catalogar esse comportamento também na CID, a Classificação Internacional de Doenças. Especificamente, no grupo das enfermidades autoimunes – aquelas em que o corpo trabalha contra si mesmo, caso da esclerose múltipla, por exemplo.

Ler mais

Estou assustado com o avanço da sífilis e você também deveria estar

Sabe do que eu realmente gosto de falar? Do futuro. De progressos. De cura. De doenças erradicadas. De comportamentos coletivos modificados para melhor. De projeções otimistas.

Infelizmente, preciso falar sobre sífilis, esse “trending topic” da Idade Média. Que outro assunto, afinal, pode ter um urologista diante da notícia de que houve aumento dos casos notificados da enfermidade em países de todo o mundo?

Comecemos pelo nosso quintal. Segundo o último boletim epidemiológico do Ministério da Saúde, publicado em novembro de 2017, o Brasil registrou aumento de  27,9% nos casos de sífilis adquirida (em adultos) entre 2015 e 2016. Só neste último ano, houve 87.593 novas contaminações. As infecções congênitas (passadas de mãe para filho na gestação) também cresceram 4,7% no mesmo período.

Ler mais

Anticoncepcional: o mais novo “amigo” do homem

“Você toma pílula?”. Desde a revolução sexual dos anos 1960 – fenômeno marcado pela chegada da pílula anticoncepcional feminina ao mercado -, estamos bem (ou mal) acostumados a fazer essa pergunta a nossas parceiras sexuais. Muito em breve, teremos que nos habituar não só a ouvir o mesmo questionamento como a estabelecer novas negociações e acordos com as mulheres com as quais nos relacionamos.

Ler mais

Dr. Pedro Romanelli - Todos os direitos reservados